A Fabrica Paupério inaugurou, no passado dia 1 de Dezembro, a sua nova Loja da Fábrica. Mais de três centenas de pessoas tiveram a oportunidade de assistir ao ato simbólico de inauguração do renovado espaço. Marcaram presença no evento as forças vivas de Valongo destacando-se vários autarcas, entre eles o Presidente da Câmara Municipal, o Padre Luís Borges, vários elementos da Confraria do Pão, da Regueifa e do Biscoito de Valongo, o Provedor da Santa Casa da Misericórdia, vários membros da Associação Industrial e Empresarial local, Colaboradores, Parceiros e Amigos da empresa.

Para os que visitarem a renovada loja passarão não só a contar com os produtos da Paupério mas também com outros produtos ícones do concelho de Valongo como são, por exemplo, os brinquedos tradicionais da Pepe-Jato.

Visite a Nova Loja da Fábrica Paupério e conheca o que Valongo tem de melhor!


Há muito que a palavra Paupério está ligada a Valongo e aos biscoitos. Tal se deve a uma família de padeiros e padeiras, produtores de pão e biscoitos. Desta família, na segunda metade do século XIX, António de Sousa Malta Paupério associa-se com Joaquim Carlos Figueira e fundam a Paupério & C.ª que se especializaria no fabrico de bolachas, biscoitos, bolo-rei, pão-de-ló e geleias. A experiência da tradição transposta por António para a nova empresa incute qualidade à nova sociedade. Os seus produtos vendem bem, chegam longe e são cobiçados pelos outros biscoiteiros e padeiros. De Valongo e não só…

A Paupério & C.ª, pelos anos 30 do século passado, dá início aos registos da marca Paupério na Repartição de Propriedade Industrial. Há contestação e disputa. Em 1942 surgem abaixo-assinados de padeiros e biscoiteiros reclamando que os bolos e biscoitos de Valongo são todos Paupério. Mas biscoitos e bolos Paupério só mesmo de uma produtora, a Fábrica Paupério.